Projeto Gráfico – Livro Cotidiano Horizonte

Era uma manhã quente, dos primeiros dias de 2015, quando recebi uma ligação empolgada da minha amiga e poeta, Fêre Rocha, me convidando para fazer o projeto gráfico do seu primeiro livro.

Quando o ano começa com notícia boa, é sinal de que dias auspiciosos virão. Não é mesmo? E foi bem isso que aconteceu. Cada um em uma cidade, fizemos o projeto em dois meses sem nenhuma reunião presencial, apenas por conversas via e-mail, hangout e um divertido grupo de três no whatspp, que reuniu frases épicas, garantindo muita risada durante o trabalho, ou melhor, gestação do livro-filho.

Com palavras doces e ao mesmo tempo fortes, o livro de poesias e aforismos da Fêre Rocha, retratam a vida por um ponto de vista único e cheio de fazer pensar, que vai do canto do pássaro à lata de lixo abandonada pela sociedade.

Foi nesse mesmo conceito, de força e simplicidade, que a gente montou o projeto gráfico. O livro Cotidiano Horizonte, contém 92 páginas de puro amor. Prefaciado lindamente pelo autor Tadeu Sarmento, ilustrada pelo japa Fabiano Sogabe, abençoada pelo querido Maurício Neves e, muito bem escrito nos cadernos da talentosa Fêre.

Eu fiquei encarregada de dar forma ao livro, fazer a capa e distribuir cada linda letrinha pelas páginas. Lançado oficialmente no Salão do Livro em Lages SC, onde ali mesmo, foi lido singelamente, pelo ilustre Luís Fernando Veríssimo.

Vem ver um pouquinho e ficar com água na boca!

Capa aberta livro Cotidiano Horizonte - Fêre Rocha

Aforismo ilustrado Cotidiano Horizonte

Páginas internas livro Cotidiano Horizonte

Páginas internas livro poesia Cotidiano Horizonte

Lançamento no Salão do Livro

Maurício Neves e Fernanda Rocha - lançamento

Maurício Neves e Fernanda Rocha no lançamento

Lançamento em Lages - SC

Autógrafos

Veríssimo curioso.

Veríssimo deixando todos os envolvidos no projeto com o coração pulando!

Obrigada amiga querida, por escrever tão bem e me dar a honra de fazer o projeto do seu primeiro livro. O mundo aguarda os próximos!

Quem quiser adquirir o livro, é só clicar aqui e mandar um e-mail pra autora que ela envia pelo correio.

Livro Cotidiano Horizonte

Autora: Fêre Rocha

Impressão: Gráfica Coan

Editora: FCL

Fotos do lançamento: Marcio Avila

Amor ou apego? Você conhece a diferença?

Quantas vezes a gente vê por aí pessoas espalhando “eu te amo” sem mesmo nem pensar, não é mesmo?  Amor ou apego?

Amor ou apego, qual a diferença?

Confundir esse sentimento puro, com simples apego é muito fácil. Pois o passo entre, quero que me faça feliz ou quero que você seja feliz traduz exatamente a ideia entre apego e amor.

O vídeo da monja Jetsunma (Venerável Mestra) Tenzim Palm, ela explica com muita clareza, e simplicidade, a diferença entre o amor e apego, e como devemos olhar para o outro com compaixão.

(Se precisar, habilite a legenda para português clicando no quadradinho entre o relógio e a engrenagem).

Pra ajudar relacionamentos a fluírem, aí vai um mantra para beneficiarmos os seres que pode ser repetido em qualquer lugar.

No lugar de você vai o nome da pessoa que queremos ajudar.

Metabavana

  • Que você encontre a felicidade
  • Que você liberte-se do sofrimento
  • Que você encontre as causas da felicidade
  • Que você liberte-se das causas do sofrimento
  • Que você se purifique de todo karma
  • Que você encontre a lucidez
  • Que você possa de fato beneficiar os seres
  • E que você veja nisso, a fonte de toda alegria, felicidade e energia

Parece fácil, não? Vamos por em prática?

O que oito dias num camping podem fazer com você?

Viajar sem destino, sair da zona de conforto, buscar o novo, o contato com a natureza, fugir das quatro paredes e vi-ver!

Praia da Guarita - Torres RS

Praia da Guarita – Torres RS

Em poucos dias no camping, eu aprendi, ou melhor, reafirmei, que precisamos realmente, de bem pouco para vivermos felizes. Menos é sempre mais, muito mais!

Quer um exemplo prático? Um guarda roupa entulhado de coisas, só serve realmente para ter mais para lavar, passar e, é claro, mostrar para o outro. (Aqui o que eu mais uso é UMA calça larga e confortável, UMA camisa xadrez quentinha e UM boné que me deixa com mais cara de adolescente ainda! O resto é o basicão que dá pra lavar fácil.) -

Nesses oito e felizes dias, aprendi que como na vida, organização é tudo. Porque estar num lugar pequeno, usando um prato, um copo, uma boca de fogão e uma cadeira, requer tudo sempre limpo e organizado.

Aprendi que conversar com o vizinho é legal. Pessoas tem histórias e experiências para compartilhar. Puxando papo com o gringo do trailer ao lado, as vezes a gente treina outro idioma, descobre uma cidade sensacional que não estava nos planos de passagem e, também, que a sua comida tem cara mais apetitosa que a dele. RÀ!

Aprendi a conhecer novas pessoas, mas que o bom mesmo, é ter velhos amigos para compartilhar os pequenos detalhes da sua aventura. Viva a internet!

camping-Torres

Marley e eu, um dos fofões mais companheiros que encontrei!

Aprendi que tecnologia é muito bom, mas que nada, absolutamente nada, se compara a textura e a sombra de uma árvore, o amanhecer dos pássaros e a visita de um beija-flor na hora do almoço.

Novos e lindos caminhos

Novos e lindos caminhos

Aprendi que o mundo é sim, uma caixinha de surpresas, e existem tantas histórias para ser vividas e estão apenas esperando por um protagonista. Não deixe para amanhã. Viva mais. Invista na sua felicidade.

Amor,

Pri.